8 dicas infalíveis para fazer um bom planejamento financeiro para realizar a sua viagem

Querer viajar todo mundo quer, mas muitos ficam só na vontade por falta de um bom planejamento financeiro e logo avisam “quero viajar, mas estou sem grana”.
Veja algumas orientações para que você saiba exatamente quanto dinheiro deve economizar, quanto levar para gastar no local e o que fazer para não voltar para casa no vermelho.

1 – Comece a economizar

O primeiro passo para viajar é, obviamente, ter algum dinheiro guardado!

Quanto mais precisão melhor, só assim você vai ter a exata noção de quanto gasta. Mas eu sei as contas que pago certo? Claro que sabe as principais e mais “pesadas” contas de cabeça, mas quando gastamos em pequenas quantidades, a tendência é não lembrar dos pequenos valores. Por isso é importante anotar. E o melhor é que, com o tempo, vai ficando mais fácil anotar.

Assim sendo, não subestime o preço daquele “cafezinho da firma” todo dia de manhã, certo?

A partir daí, faça uma análise do que pode ser cortado ou diminuído, a fim de poupar algum dinheiro mensalmente. O ideal é que essas economias girem em torno dos 10% da renda total da família.

2 – Prioridade

Seja sincero: O que é prioridade para você? Coloque sua viagem como prioridade na hora de fazer seu planejamento e redirecione o dinheiro que seria usado para coisas sem importância para sua caixinha da viagem, poupança da viagem ou investimento.

O barzinho de todo final de semana, pode passar de todo final de semana para somente dois finais de semana e a outra metade que você gastaria vai para sua viagem.
É possível sim! Esse dinheiro vai render experiências culinárias ótimas em outro destino, outro lugar, outras pessoas! Depois, quando voltar você vai no mesmo bar compartilhar com seus amigos tudo que viveu em sua viagem.

Nos dois finais de semana que ficar em casa, aproveite para fazer maratonas de série na Netflix. Isso serve para tudo que é possível reduzir custos.

3 – Descubra a melhor forma de pagar sua viagem

Quando se fala em custos de viagem, a antecedência na compra de pacotes garante sempre o menor preço, e além disso você pode ficar longe dos juros do cartão de crédito.
Em algumas agências de viagem como é o caso da Pegada Ecoturismo você tem a possibilidade de dividir a sua viagem sem juros até a data que a viagem em questão será realizada, então quando você compra uma viagem que será realizada daqui à 8 meses por exemplo, você pode além de garantir o melhor preço pela antecedência, pode ficar longe dos juros do cartão de crédito e dividir no boleto em 8x sem juros. Você economiza na viagem e não utiliza seu cartão.

4 – Defina seu destino de viagem

Já sabe pra onde ir? Não se esqueça que a escolha do destino pode ser determinante pra sua viagem se manter dentro do planejado. Cada lugar implica em um gasto diferente, já que os preços de passagem, acomodação, alimentação e atividades irão variar.

Se você está no Brasil, viajar pela América do Sul tende a ser mais barato. Ainda assim, você gastará mais indo para o Chile do que para a Argentina, por exemplo. Uma viagem para Europa costuma ser mais cara, mas pode ser viável com uma passagem em promoção.

Lembre-se que passagem aérea é um dos maiores pesos no orçamento da viagem. Por isso, pesquise com antecedência e fique de olho nas promoções.

5 – Saiba quanto de dinheiro precisa ter para realizar sua viagem

Definiu seu destino? Então levante os custos para entender quanto dinheiro você precisa ter e qual o tempo para conseguir o valor total.
Coloque o valor de cada item em uma planilha e entenda os custos de passagens, seguro viagem, alimentação, hospedagem, visto, vacinas, itens para levar, gastos extras e demais custos com transporte local, tickets de pontos turísticos.

Com essa previsão você consegue entender quanto de dinheiro você precisa, quanto tempo tem pra juntar e quais outras possibilidades você tem, como por exemplo: Juntar o dinheiro da viagem e parcelar as passagens no cartão ou boleto.

6 – Defina um orçamento

Com a estimativa de gastos em mãos, defina, por fim, seu orçamento de viagem. Nesse documento, você determina o teto máximo de quanto pode gastar em cada categoria, considerando suas possibilidades financeiras. Seu orçamento deve prever também uma quantia para as pequenas despesas rotineiras de uma viagem — como lembranças para amigos e parentes, água etc.
Criar um orçamento permite saber o custo total da sua viagem. Dessa forma, pode partir para a etapa seguinte do planejamento: saber a reserva financeira que precisará criar para ter o valor necessário, a fim de viajar sem apertos. É essencial ter em mente quanto você precisará guardar por mês para fazer a viagem que sempre sonhou sem prejudicar as finanças.

7 – Utilize suas milhas

Para quem utiliza muito o cartão de crédito na sua rotina, vale a pena também fazer uso dos programas de fidelidade.
Com eles, é possível trocar seus pontos acumulados por milhas aéreas, entre outros prêmios. Isso ajudará à bancar parte das despesas da viagem, como é o caso das passagens aéreas ou aluguel de veículos, por exemplo.

Para ter certeza sobre como proceder, faça um levantamento dos seus pontos em cada cartão. Não se esqueça de que os pontos têm uma data para expirar. Pesquise também quais benefícios pode receber de cada um deles.

8 – Considere a melhor data para sua viagem

A melhor época para viajar é fora de temporada, ou seja, distante das férias escolares e dos feriados, isso já vai reduzir absurdamente seus custos em todos os aspectos! Os preços são mais baixos, as passagens são muito mais baratas e você vai encontrar também acomodações mais em conta.
Se você é fã do “agito” e adora viajar para locais badalados na alta estação, prepare seu bolso!

Viu como é fácil viajar sem enrolar a sua vida financeira?

Com esses 7 passos bem feitos, sua viagem vai acontecer e você vai se sentir muito recompensado, verá que vai valer a pena cada pequeno esforço feito nas mudanças de seus hábitos.
Tudo é uma questão de planejar direitinho o que você deverá gastar e, durante a viagem, não ultrapassar os limites estabelecidos.

Deixe um comentário no post contando como você realiza o planejamento financeiro para viagens, e compartilhe outras dicas que você tem sobre este tema!

Sobre o Autor

Fernando Guilherme
Fernando Guilherme
Empresário e Analista de Sistemas. Desde que comecei a viajar, conhecer o mundo se tornou um dos meus objetivos de vida. Hoje faço parte da equipe da Pegada Ecoturismo buscando aplicar meus conhecimentos para tornar nosso modo de viajar uma experiência única. Viajar, aprender e compartilhar. Viaje bem para viajar sempre!