Atividades ao ar livre são essenciais para desenvolvimento da criança

Contato com a natureza traz benefícios a saúde e são essenciais para o crescimento da criança. Atualmente muitos fatores externos contribuem para que as crianças cresçam em um mundo distante do contato com o que é natural.

No Brasil, mais de 80% da população vivem em cidades e quase metade não se sente segura na cidade em que mora. Nos centros urbanos as crianças passam 90% do tempo em lugares fechados, 40% das crianças brasileiras passa uma hora ou menos brincando ao ar livre.

Os hábitos e atividades na infância mudaram muito nos últimos anos por conta de nossas vidas estarem tão enclausuradas entre quatro paredes em casa, na escola e trabalho. Quintal e jardim já não são tão comuns assim e cada vez mais fica mais difícil o acesso a parques, gramados, riachos e o contato com a natureza.

Em meio à uma era tecnológica é difícil não encontrar hoje uma criança conectada a celulares, tablets e notebooks. Por mais que tal comportamento tenha se tornado cada vez mais comum, é importante fazer o questionamento se o uso do equipamento eletrônico está fazendo bem ao pequeno ou se está apenas roubando-lhe o tempo.

Entramos e saímos de “caixas” carro, escola, casa, prédio. Some-se a isso, o maior tempo gasto na frente das telas eletrônicas. Mas se nos tornamos cada vez mais conectados e temos pouco acesso à natureza, devemos ficar atentos aos problemas que os eletrônicos podem trazer e especialmente como afetam a criança e seu desenvolvimento.

A gente sabe que criança precisa de vitamina “S”. Aquela do “S” de sujeira, de terra, de contato com a natureza e com o meio ambiente!

Há quem acredite que a globalização não interfira no crescimento de uma criança, mas qualquer distância que ela tiver da natureza pode ser prejudicial à saúde. Acredite.

O fato das crianças viverem “emparedadas”, em uma rotina em que ela fica fechada e consista apenas em ir para casa, escola e shopping, por exemplo, pode causar sérios problemas.

Mas, mais importante do que ressaltar como pode ser prejudicial a falta da natureza no cotidiano de uma criança, é preciso apontar quantos benefícios o contato com o meio ambiente pode trazer e ajudar no crescimento. Os benefícios variam de acordo com a idade, mas em contato com a natureza a criança desenvolve o brincar mais criativo e autêntico e descobre dentro de si o que a motiva.

O simples fato da criança brincar ao ar livre jardins, quintais e parquinhos, por exemplo, pode trazer melhorias em aspectos físicos, desenvolvendo capacidades motora, mentais, emocionais e até espirituais, por perceberem que fazem parte de algo maior.

Estar em comunhão com o meio ambiente e entender o que ele significa pode trazer tranquilidade e inspiração para os pequenos. A natureza é o espaço de pertencimento da criança, é ali que ela vai explorar os sentidos, descobrir o novo, aprender brincando e observando e evoluir como ser humano.

Mas para a criança desenvolver o gosto por brincar na natureza, ela precisa receber um estímulo. Os pais são referência e por isso precisam inspirar no filho, essa admiração pela natureza, por brincar ao ar livre. Desta forma nascerá a paixão na criança e o respeito pelos bens naturais.

Só é preciso um esforço dos pais para fazer pequenas mudanças e incluir tempo ao ar livre na rotina das crianças. Leve o seu filho para fazer uma trilha, conhecer uma cachoeira, observar as aves. Inclua o pequeno em atividades em contato com o meio ambiente. Esse contato desperta o lado bom nas crianças, traz conhecimento e estimula o tato, audição e visão, acalma a criança e só traz benefícios.

Além da natureza ser importante para a saúde da criança, a criança é essencial para a saúde da natureza. Afinal, elas são como sementes que, no futuro, germinarão e florescerão. Por isso, desde pequenos, precisam compreender o papel do meio ambiente na vida cotidiana. Desta forma, irão cuidar, proteger e preservar todos os bens naturais e garantirão o próprio bem-estar.

Criança não é feita para ficar parada, criança gosta de correr e de liberdade. Aos adultos, basta apenas permitir que esse encontro aconteça. Todos ganham: a criança, a sociedade e nosso planeta.

É bom lembrar que isso também é excelente para adultos, passar um tempo em contato com a natureza, fazendo caminhadas ao ar livre é ótimo para todos. Não é necessário se livrar de todo tipo de tecnologia e se mudar para o campo para cuidar melhor dos pequenos. Investir em um pouco mais em atividades ao ar livre já é suficiente para cumprir essa missão.

Sobre o Autor

Rafael Freitas
Rafael Freitas
Brasileiro, Belo Horizonte/MG, Formado em Processos Gerencias, Empreendedor, Guia de Montanha especializado em Turismo de Aventura. Sócio Proprietário na empresa Pegada Ecoturismo e Futuro Palestrante. Amante das serras, montanhas e cachoeiras, com varias vivencias no ecoturismo, decidiu que viveria sua vida respirando e sonhando aventuras. Acredita que não existe limites para conhecer novos lugares e novas conquistas. Viajar é explorar o novo, de forma simples.