Vivências escolhidas especialmente pra você.

Praça Da Estação

Atenção: Roteiro Personalizado a partir de 4 participantes. Consulte nosso canal de atendimento. 

A travessia Petrópolis x Teresópolis é um clássico nacional de caminhada e montanhismo, sendo por muitos considerada a travessia mais bonita do Brasil, localizada na Serra dos Órgãos, dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em meio à exuberância da Mata Atlântica e entre as cidades serranas de Petrópolis, Guapimirim e Teresópolis.

 

Roteiro

1º dia – Sede de Petrópolis do Parque Nacional da Serra dos Órgãos x Castelos do Açú

Distância: Aproximadamente 8 km

Tempo Normal Estimado de caminhada: 6 a 7 horas

Hora partida da Portaria: Máximo até 7h00

Dia caracterizado por subidas, alternadas com alguns trechos planos já na região do Açu.

Chegando cedo no Açu há tempo de sobra para assistir ao pôr do sol no Castelo ou no Morro da Cruz.

Na manhã seguinte recomendável acordar cedo para o nascer do sol.

OBS.: Se houver alguém interessado, na tarde da chegada pode ir até os Portais de Hércules, que localiza a cerca de 2,5 km após o Açu, no sentido Sino. Mas isto só é possível se chegar até às 14h00 no Açu; e mesmo assim aqueles mais experientes. Essa visita é feita de modo leve.

2º Dia: Castelos do Açú x Pedra do Sino

Distância: Aproximadamente 7 km

Tempo Normal Estimado de caminhada: 7 a 8 horas

Hora partida do Açu: Em torno de 7h00

Hora prevista para chegada ao Sino: 15h00

O segundo dia é sem dúvida o trecho mais bonito da Travessia Petrópolis Teresópolis. Todo percurso é feito em uma altitude média de 2.000m. Após sair do Castelos do Açu, cruza-se um vale e em seguida sobe-se até o cume do Morro do Marco. Após a descida deste morro, chega-se ao Vale do Luva, após subir até o cume do Morro da Luva, a trilha segue por mais um trecho de lajedo de pedra, onde a navegação torna o trekking Petrópolis Teresópolis complicado em dias de névoa até atingirmos o lance do Elevador. O elevador é uma escada feita de vergalhões de aço presos a uma pedra íngreme que dá acesso ao cume do Morro do Dinossauro. No cume do Morro do Dinossauro se tem a primeira grande vista da Pedra do Garrafão e Pedra do Sino. Após descer ao Vale das Antas, o trekking segue até o cume do Morro da Baleia, local de onde se tem uma visão do paredão da Pedra do Sino, Garrafão e da canaleta de onde está localizado o Cavalinho. O Cavalinho tem esse nome por se tratar de uma pedra que para atravessar é necessário fazer um movimento semelhante ao de montar um cavalo. Ao cruzar o Cavalinho a trilha segue pela canaleta até contornar a Pedra do Sino e chegar a uma bifurcação que dá acesso ao cume do Sino e ao abrigo 4. A Pedra do Sino é o ponto alto do trekking. No seu cume se tem uma visão 360º incrível, sendo possível avistar diversas cadeias montanhosas da região, o Rio de Janeiro, os Três Picos, o Pico das Agulhas Negras e a Serra Fina.

3º Dia: Pedra do Sino x Sede Teresópolis

Distância: Aproximadamente 9 km

Tempo Normal Estimado de caminhada: 5 a 7 horas

Hora partida do Sino: Em torno de 7h00

O terceiro dia da Travessia Petrópolis Teresópolis é o menos exigente. A trilha segue por aproximadamente 9 km até a barragem, ponto final do trekking. Durante a descida cruza-se duas cachoeiras onde o destaque é a cachoeira do Véu da Noiva de Teresópolis com 16 metros de altura que em determinadas épocas do ano fica seca.

 

  • Seguro Aventura
  • Condutores/Guias especializados e equipados com rádios de comunicação, Spot Gen3 (Rastreamento via satélite) e Kit Primeiro Socorros.
  • Transporte ida e volta
  • Kit de primeiros socorros
  • Condutores de Aventura especializados em Caminhadas de Longa Duração
  • Taxas de Pernoite de acordo a escolha de cada participante
  • Taxas de entrada e trilha de montanha cobradas pelo Parque (PARNASO)
  • Utensílios de cozinha nos abrigos para uso coletivo durante preparo das refeições 
  • Refeições não mencionadas no roteiro
  • Medicamentos de uso pessoal
  • Qualquer outro item não mencionado como incluso
  • Equipamento pessoal para o trekking autônomo

O que levar

Documentos obrigatórios:

  • Documento de Identidade (RG/CNH/Passaporte)

Equipamentos obrigatórios:

  • Mochila de Ataque c/ capa, de 20l a 40l (sugerimos 30 Litros)
  • Bastão de caminhada
  • Lanterna de cabeça e pilhas extras (OBRIGATÓRIO INDIVIDUAL)
  • Compartimento para água (mínimo de 01 litros)
  • Bota/Tênis de trekking
  • Segunda pele (pernas e ou tronco)
  • Calça de trekking
  • Camisas tipo Dry Fit/Poliamida
  • Anorak/Corta-Vento/Capa de chuva
  • Fleece
  • Luvas para frio
  • Gorro e Chapéu
  • Saco plástico/Saco Estanque
  • Óculos escuros
  • Telefone celular

Equipamentos pessoais opcionais:

  • Repelente
  • Filtro solar
  • Canivete multi-uso
  • Câmera Digital
  • Balaclava
  • Hidrosteril (purificador de água)
  • Silvertape

OBS: Levar kit médico pessoal e kit de higiene pessoal, se faz uso de remédio controlado por favor levar e deixar alguém ciente de qualquer intercorrência que possa acontecer.

 

 

classificação

Pesada

Atividade: Caminhada de longa duração(trekking) onde o início e o fim são em lugares distintos;
Elevação máx: 2.275 m (Cume da Pedra do Sino);
Elevação mín: 936 m (Entrada da Sede do PARNASO Teresópolis);
Desnível máx: 1100 m (1º dia de caminhada);
Distância do percurso: 28 km
Tempo médio de percurso por dia: 6 horas
Indicação: A Travessia Petrópolis x Teresópolis é uma travessia exigente, é recomendado para pessoas com bom condicionamento físico. Ideal para praticantes regulares de trekking.

Riscos: Os eventos de risco mais alto são os lances técnicos (mergulho e cavalinho), em que a transposição utiliza equipamentos de técnicas verticais. Além disso, há a ascensão no trecho chamado Elevador, feita em proteções fixas de vergalhão. Há também áreas de cume que não possuem proteção ou contenção apresentando bordas expostas.

Vivências escolhidas especialmente pra você.

Praça Da Estação

Atenção: Roteiro Personalizado a partir de 4 participantes. Consulte nosso canal de atendimento. 

A travessia Petrópolis x Teresópolis é um clássico nacional de caminhada e montanhismo, sendo por muitos considerada a travessia mais bonita do Brasil, localizada na Serra dos Órgãos, dentro do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, em meio à exuberância da Mata Atlântica e entre as cidades serranas de Petrópolis, Guapimirim e Teresópolis.

 

Roteiro

1º dia – Sede de Petrópolis do Parque Nacional da Serra dos Órgãos x Castelos do Açú

Distância: Aproximadamente 8 km

Tempo Normal Estimado de caminhada: 6 a 7 horas

Hora partida da Portaria: Máximo até 7h00

Dia caracterizado por subidas, alternadas com alguns trechos planos já na região do Açu.

Chegando cedo no Açu há tempo de sobra para assistir ao pôr do sol no Castelo ou no Morro da Cruz.

Na manhã seguinte recomendável acordar cedo para o nascer do sol.

OBS.: Se houver alguém interessado, na tarde da chegada pode ir até os Portais de Hércules, que localiza a cerca de 2,5 km após o Açu, no sentido Sino. Mas isto só é possível se chegar até às 14h00 no Açu; e mesmo assim aqueles mais experientes. Essa visita é feita de modo leve.

2º Dia: Castelos do Açú x Pedra do Sino

Distância: Aproximadamente 7 km

Tempo Normal Estimado de caminhada: 7 a 8 horas

Hora partida do Açu: Em torno de 7h00

Hora prevista para chegada ao Sino: 15h00

O segundo dia é sem dúvida o trecho mais bonito da Travessia Petrópolis Teresópolis. Todo percurso é feito em uma altitude média de 2.000m. Após sair do Castelos do Açu, cruza-se um vale e em seguida sobe-se até o cume do Morro do Marco. Após a descida deste morro, chega-se ao Vale do Luva, após subir até o cume do Morro da Luva, a trilha segue por mais um trecho de lajedo de pedra, onde a navegação torna o trekking Petrópolis Teresópolis complicado em dias de névoa até atingirmos o lance do Elevador. O elevador é uma escada feita de vergalhões de aço presos a uma pedra íngreme que dá acesso ao cume do Morro do Dinossauro. No cume do Morro do Dinossauro se tem a primeira grande vista da Pedra do Garrafão e Pedra do Sino. Após descer ao Vale das Antas, o trekking segue até o cume do Morro da Baleia, local de onde se tem uma visão do paredão da Pedra do Sino, Garrafão e da canaleta de onde está localizado o Cavalinho. O Cavalinho tem esse nome por se tratar de uma pedra que para atravessar é necessário fazer um movimento semelhante ao de montar um cavalo. Ao cruzar o Cavalinho a trilha segue pela canaleta até contornar a Pedra do Sino e chegar a uma bifurcação que dá acesso ao cume do Sino e ao abrigo 4. A Pedra do Sino é o ponto alto do trekking. No seu cume se tem uma visão 360º incrível, sendo possível avistar diversas cadeias montanhosas da região, o Rio de Janeiro, os Três Picos, o Pico das Agulhas Negras e a Serra Fina.

3º Dia: Pedra do Sino x Sede Teresópolis

Distância: Aproximadamente 9 km

Tempo Normal Estimado de caminhada: 5 a 7 horas

Hora partida do Sino: Em torno de 7h00

O terceiro dia da Travessia Petrópolis Teresópolis é o menos exigente. A trilha segue por aproximadamente 9 km até a barragem, ponto final do trekking. Durante a descida cruza-se duas cachoeiras onde o destaque é a cachoeira do Véu da Noiva de Teresópolis com 16 metros de altura que em determinadas épocas do ano fica seca.

 

  • Seguro Aventura
  • Condutores/Guias especializados e equipados com rádios de comunicação, Spot Gen3 (Rastreamento via satélite) e Kit Primeiro Socorros.
  • Transporte ida e volta
  • Kit de primeiros socorros
  • Condutores de Aventura especializados em Caminhadas de Longa Duração
  • Taxas de Pernoite de acordo a escolha de cada participante
  • Taxas de entrada e trilha de montanha cobradas pelo Parque (PARNASO)
  • Utensílios de cozinha nos abrigos para uso coletivo durante preparo das refeições 
  • Refeições não mencionadas no roteiro
  • Medicamentos de uso pessoal
  • Qualquer outro item não mencionado como incluso
  • Equipamento pessoal para o trekking autônomo

O que levar

Documentos obrigatórios:

  • Documento de Identidade (RG/CNH/Passaporte)

Equipamentos obrigatórios:

  • Mochila de Ataque c/ capa, de 20l a 40l (sugerimos 30 Litros)
  • Bastão de caminhada
  • Lanterna de cabeça e pilhas extras (OBRIGATÓRIO INDIVIDUAL)
  • Compartimento para água (mínimo de 01 litros)
  • Bota/Tênis de trekking
  • Segunda pele (pernas e ou tronco)
  • Calça de trekking
  • Camisas tipo Dry Fit/Poliamida
  • Anorak/Corta-Vento/Capa de chuva
  • Fleece
  • Luvas para frio
  • Gorro e Chapéu
  • Saco plástico/Saco Estanque
  • Óculos escuros
  • Telefone celular

Equipamentos pessoais opcionais:

  • Repelente
  • Filtro solar
  • Canivete multi-uso
  • Câmera Digital
  • Balaclava
  • Hidrosteril (purificador de água)
  • Silvertape

OBS: Levar kit médico pessoal e kit de higiene pessoal, se faz uso de remédio controlado por favor levar e deixar alguém ciente de qualquer intercorrência que possa acontecer.

 

 

classificação

Pesada

Atividade: Caminhada de longa duração(trekking) onde o início e o fim são em lugares distintos;
Elevação máx: 2.275 m (Cume da Pedra do Sino);
Elevação mín: 936 m (Entrada da Sede do PARNASO Teresópolis);
Desnível máx: 1100 m (1º dia de caminhada);
Distância do percurso: 28 km
Tempo médio de percurso por dia: 6 horas
Indicação: A Travessia Petrópolis x Teresópolis é uma travessia exigente, é recomendado para pessoas com bom condicionamento físico. Ideal para praticantes regulares de trekking.

Riscos: Os eventos de risco mais alto são os lances técnicos (mergulho e cavalinho), em que a transposição utiliza equipamentos de técnicas verticais. Além disso, há a ascensão no trecho chamado Elevador, feita em proteções fixas de vergalhão. Há também áreas de cume que não possuem proteção ou contenção apresentando bordas expostas.