Vivências escolhidas especialmente pra você.

A travessia do Vale do Pati é considerada um dos trekking mais bonitos do Brasil e do mundo, sendo um dos atrativos mais procurados na Chapada Diamantina. Com as duas principais entradas (Beco e Aleixos) localizadas em Guiné (Distrito de Mucugê), a melhor opção é estar em Mucugê para iniciar a trilha.

A hospedagem é feita na casa dos nativos, podendo ser acampamento ou quartos com cama, onde também é possível solicitar refeições (café da manhã e jantar, pois o almoço é substituído por lanche nas trilhas.

Roteiro

Traslado de aeroporto Vitória da Conquista até pousada em Mucugê localizado à 264km. Em horário combinado faremos um city tour na cidade de Mucugê, centro histórico e Cemitério Bizantino. Pernoite Mucugê

Entrada pelo Beco do Guiné/Mucugê – Saída por Andaraí

Após o café da manhã partimos de Mucugê (em veículo) até o distrito de Guiné, onde daremos início à nossa trilha para entrar no Vale do Pati.

Neste dia caminharemos aproximadamente 12 km

Passaremos pelo Mirante do Pati, Cachoeira dos Funis, Cachoeira do Lajedo e Cachoeira das Bananeiras.

Durante a caminhada teremos pausa para o lanche, pontos de fotografias e banho, chegada prevista na casa por volta das 17h00

Café da manhã, lanche de trilha e jantar;
Pernoite casa do Agnaldo

Após o café da manhã, iniciaremos a subida ao Morro do Castelo.

Um dos pontos mais altos do Vale do Pati, teremos uma subida de aproximadamente 3 Km até chegarmos à entrada da Gruta.

Cruzaremos a gruta para chegar até o Mirante principal. Lá faremos o lanche e retornaremos para fazer a mudança de casa e banho no Poço da Árvore.

Neste dia caminharemos aproximadamente 09 km

Café da manhã, lanche de trilha e jantar;
Pernoite na Prefeitura

Após o café da manhã, iniciaremos a trilha rumo ao Cachoeirão por cima, com sua imponência de quase 300m de altura.

A quarta maior cachoeira do Brasil com 270 metros. Quando chove, a enorme queda no Vale do Pati se multiplica por várias saídas d’água.

Momento para fotos, contemplação e banho no poço principal.

Por volta das 14h00 iniciaremos o retorno de onde começamos a trilha para chegar até o Pati de Baixo.

Nesse dia caminharemos aproximadamente 13 km

Café da manhã, lanche de trilha e jantar
Pernoite na casa do seu Eduardo

Após o café da manhã, iniciaremos a trilha rumo ao Cachoeirão por baixo.

Caminhada pelas pedras gigantes do leito do rio e depois de muito esforço e equilíbrio, chegaremos ao fim do Vale para contemplarmos suas 3 quedas perenes. Banhos revigorantes, lanches no local e retorno para a casa do seu Eduardo onde passaremos mais uma noite.

Neste dia caminharemos aproximadamente 6 km

Dia de acordarmos bem cedo e começarmos à caminhar para cumprirmos nossa última etapa do trekking pelo Vale do Pati.

Após o café da manhã, iniciaremos a trilha de aproximadamente 19 Km para chegar à Andaraí. Subiremos a ladeira do Império com o visual maravilhoso de todo o Vale.

Chegada prevista em Andaraí às 12h00

Opcional: poço Azul Sendo acertado previamente podemos nos direcionar para o Poço Azul.

Café da manhã, lanche de trilha e jantar;
Pernoite em Mucugê

Neste dia despediremos da Chapada e voltaremos à nossa cidade de origem. Após café da manhã, (ou horário à combinar) faremos o traslado Aeroporto de Vitória da Conquista para pegar o voo de retorno.

  • Condutores/Guias especializados e equipados com rádios de comunicação, Spot Gen3 (Rastreamento via satélite) e Kit Primeiro Socorros.
  • Seguro Aventura
  • Transporte privado durante todo o roteiro.
  • 2 pernoite em Mucugê c/ café da manhã.
  • Alimentação completa durante o trekking do Vale do Pati (Lanche, Café da Manhã e Jantar).
  • Kit de primeiros socorros.
  • 4 pernoites em casa de nativos durante o trekking.
  • Passeios citados no roteiro.
  • Guia local especialista na região.
  • Taxas de acesso.
  • Consultoria para planejamento pessoal e apoio para aquisição de equipamentos e organização da logística individual.
  • Passagem aérea
  • Refeições não mencionadas no roteiro.
  • Medicamentos de uso pessoal.
  • Qualquer outro item não mencionado como incluso.

Instruções para compra da passagem aérea:
Ida: O passageiro que não for embarcar no aeroporto de Confins, deve estar no aeroporto Vitória da Conquista até o horário limite de chegada que é até às 16h00 para traslado do Aeroporto até check-in na Pousada.

Volta: Embarque em Vitória da Conquista. Recomendamos a compra das passagens de retorno para após às 13h00.

Obs.: Caso não consiga opção de voo para os horários preestabelecidos, favor consultar o atendimento para verificar outros horários de translado durante o dia.

O que levar

  • Mochila cargueira de no mínimo 40 litros;
  • Mochila de ataque de 20 litros;
  • Bota ou tênis de caminhada com solado aderente e pré-amaciado;
  • 1 par de chinelo / papete / crocs;
  • 1 calça ou bermuda de lycra (opcional);
  • 1 calça-bermuda;
  • 1 bermuda / shorts;
  • 1 blusa tipo fleece;
  • 3 camisetas de manga curta (de preferência tecido dry-fit);
  • 1 camiseta manga comprida (para proteger do sol);
  • 3 ou mais meias confortáveis para caminhada;
  • Roupas de banho banhos de rio ou cachoeira todos os dias;
  • Headlamp (lanterna de cabeça) ou de mão com pilhas reservas;
  • Anorak corta vento e impermeável;
  • Óculos escuros, boné ou chapéu;
  • Protetor solar para rosto e lábios;
  • 1 cantil;
  • Repelente;
  • Câmera fotográfica;
  • Bastão de caminhada (opcional);
  • Medicamentos particulares.

Classificação

Pesado – trilha aberta, com subidas e descidas íngremes, com trechos em rochas escorregadios. Travessia em montanha com trechos de “escalaminhada”.

Este roteiro é indicado para pessoas que praticam atividade física regularmente, que já tiveram alguma experiência em caminhadas de longo percurso e que desejam explorar as mais belas paisagens da Chapada Diamantina. As caminhadas são consideradas intensas, pois são repleta de subidas e descidas íngremes, travessias de rios, trechos com pedras soltas e terrenos irregulares. Alguns dias com caminhadas longas, de dia inteiro. Os pernoites durante o trekking no Vale do Pati são feitos em casas de nativos, que oferecem quartos e banheiros coletivos e deliciosas refeições típicas, sempre muito elogiadas. Este roteiro não é indicado para pessoas sedentárias ou inexperientes em longas caminhadas.

Observações gerais

Acesso à eletricidade: Sim, nas casas de nativos tem somente energia solar para uso nas necessidades básicas domésticas.

Sinal de telefone celular: Não.

Outros: A cidade de Palmeiras possui posto de saúde e Andaraí conta com uma Santa Casa. As casas dos moradores durante o trekking, não possuem luz elétrica e os pernoites podem ser realizados em quartos coletivos dependendo do fluxo de visitantes para o local. O trekking no Vale do Pati é pensado e realizado visando à segurança e satisfação dos passageiros. A experiência e conhecimento da equipe de guias nas trilhas percorridas durante o trekking minimizam eventuais riscos. Todavia, em caso de necessidade o resgate será feito por guias locais qualificados com a ajuda do Corpo de Bombeiros da cidade de Lençóis. Resgates com helicópteros, quando necessários, serão solicitados a cidade de Salvador e podem demorar até 24 horas. Nossa equipe de guias para o trekking do Pati não possui telefone via satélite e não há outro meio de comunicação telefônica dentro do Vale.

Vivências escolhidas especialmente pra você.

A travessia do Vale do Pati é considerada um dos trekking mais bonitos do Brasil e do mundo, sendo um dos atrativos mais procurados na Chapada Diamantina. Com as duas principais entradas (Beco e Aleixos) localizadas em Guiné (Distrito de Mucugê), a melhor opção é estar em Mucugê para iniciar a trilha.

A hospedagem é feita na casa dos nativos, podendo ser acampamento ou quartos com cama, onde também é possível solicitar refeições (café da manhã e jantar, pois o almoço é substituído por lanche nas trilhas.

Roteiro

Traslado de aeroporto Vitória da Conquista até pousada em Mucugê localizado à 264km. Em horário combinado faremos um city tour na cidade de Mucugê, centro histórico e Cemitério Bizantino. Pernoite Mucugê

Entrada pelo Beco do Guiné/Mucugê – Saída por Andaraí

Após o café da manhã partimos de Mucugê (em veículo) até o distrito de Guiné, onde daremos início à nossa trilha para entrar no Vale do Pati.

Neste dia caminharemos aproximadamente 12 km

Passaremos pelo Mirante do Pati, Cachoeira dos Funis, Cachoeira do Lajedo e Cachoeira das Bananeiras.

Durante a caminhada teremos pausa para o lanche, pontos de fotografias e banho, chegada prevista na casa por volta das 17h00

Café da manhã, lanche de trilha e jantar;
Pernoite casa do Agnaldo

Após o café da manhã, iniciaremos a subida ao Morro do Castelo.

Um dos pontos mais altos do Vale do Pati, teremos uma subida de aproximadamente 3 Km até chegarmos à entrada da Gruta.

Cruzaremos a gruta para chegar até o Mirante principal. Lá faremos o lanche e retornaremos para fazer a mudança de casa e banho no Poço da Árvore.

Neste dia caminharemos aproximadamente 09 km

Café da manhã, lanche de trilha e jantar;
Pernoite na Prefeitura

Após o café da manhã, iniciaremos a trilha rumo ao Cachoeirão por cima, com sua imponência de quase 300m de altura.

A quarta maior cachoeira do Brasil com 270 metros. Quando chove, a enorme queda no Vale do Pati se multiplica por várias saídas d’água.

Momento para fotos, contemplação e banho no poço principal.

Por volta das 14h00 iniciaremos o retorno de onde começamos a trilha para chegar até o Pati de Baixo.

Nesse dia caminharemos aproximadamente 13 km

Café da manhã, lanche de trilha e jantar
Pernoite na casa do seu Eduardo

Após o café da manhã, iniciaremos a trilha rumo ao Cachoeirão por baixo.

Caminhada pelas pedras gigantes do leito do rio e depois de muito esforço e equilíbrio, chegaremos ao fim do Vale para contemplarmos suas 3 quedas perenes. Banhos revigorantes, lanches no local e retorno para a casa do seu Eduardo onde passaremos mais uma noite.

Neste dia caminharemos aproximadamente 6 km

Dia de acordarmos bem cedo e começarmos à caminhar para cumprirmos nossa última etapa do trekking pelo Vale do Pati.

Após o café da manhã, iniciaremos a trilha de aproximadamente 19 Km para chegar à Andaraí. Subiremos a ladeira do Império com o visual maravilhoso de todo o Vale.

Chegada prevista em Andaraí às 12h00

Opcional: poço Azul Sendo acertado previamente podemos nos direcionar para o Poço Azul.

Café da manhã, lanche de trilha e jantar;
Pernoite em Mucugê

Neste dia despediremos da Chapada e voltaremos à nossa cidade de origem. Após café da manhã, (ou horário à combinar) faremos o traslado Aeroporto de Vitória da Conquista para pegar o voo de retorno.

  • Condutores/Guias especializados e equipados com rádios de comunicação, Spot Gen3 (Rastreamento via satélite) e Kit Primeiro Socorros.
  • Seguro Aventura
  • Transporte privado durante todo o roteiro.
  • 2 pernoite em Mucugê c/ café da manhã.
  • Alimentação completa durante o trekking do Vale do Pati (Lanche, Café da Manhã e Jantar).
  • Kit de primeiros socorros.
  • 4 pernoites em casa de nativos durante o trekking.
  • Passeios citados no roteiro.
  • Guia local especialista na região.
  • Taxas de acesso.
  • Consultoria para planejamento pessoal e apoio para aquisição de equipamentos e organização da logística individual.
  • Passagem aérea
  • Refeições não mencionadas no roteiro.
  • Medicamentos de uso pessoal.
  • Qualquer outro item não mencionado como incluso.

Instruções para compra da passagem aérea:
Ida: O passageiro que não for embarcar no aeroporto de Confins, deve estar no aeroporto Vitória da Conquista até o horário limite de chegada que é até às 16h00 para traslado do Aeroporto até check-in na Pousada.

Volta: Embarque em Vitória da Conquista. Recomendamos a compra das passagens de retorno para após às 13h00.

Obs.: Caso não consiga opção de voo para os horários preestabelecidos, favor consultar o atendimento para verificar outros horários de translado durante o dia.

O que levar

  • Mochila cargueira de no mínimo 40 litros;
  • Mochila de ataque de 20 litros;
  • Bota ou tênis de caminhada com solado aderente e pré-amaciado;
  • 1 par de chinelo / papete / crocs;
  • 1 calça ou bermuda de lycra (opcional);
  • 1 calça-bermuda;
  • 1 bermuda / shorts;
  • 1 blusa tipo fleece;
  • 3 camisetas de manga curta (de preferência tecido dry-fit);
  • 1 camiseta manga comprida (para proteger do sol);
  • 3 ou mais meias confortáveis para caminhada;
  • Roupas de banho banhos de rio ou cachoeira todos os dias;
  • Headlamp (lanterna de cabeça) ou de mão com pilhas reservas;
  • Anorak corta vento e impermeável;
  • Óculos escuros, boné ou chapéu;
  • Protetor solar para rosto e lábios;
  • 1 cantil;
  • Repelente;
  • Câmera fotográfica;
  • Bastão de caminhada (opcional);
  • Medicamentos particulares.

Classificação

Pesado – trilha aberta, com subidas e descidas íngremes, com trechos em rochas escorregadios. Travessia em montanha com trechos de “escalaminhada”.

Este roteiro é indicado para pessoas que praticam atividade física regularmente, que já tiveram alguma experiência em caminhadas de longo percurso e que desejam explorar as mais belas paisagens da Chapada Diamantina. As caminhadas são consideradas intensas, pois são repleta de subidas e descidas íngremes, travessias de rios, trechos com pedras soltas e terrenos irregulares. Alguns dias com caminhadas longas, de dia inteiro. Os pernoites durante o trekking no Vale do Pati são feitos em casas de nativos, que oferecem quartos e banheiros coletivos e deliciosas refeições típicas, sempre muito elogiadas. Este roteiro não é indicado para pessoas sedentárias ou inexperientes em longas caminhadas.

Observações gerais

Acesso à eletricidade: Sim, nas casas de nativos tem somente energia solar para uso nas necessidades básicas domésticas.

Sinal de telefone celular: Não.

Outros: A cidade de Palmeiras possui posto de saúde e Andaraí conta com uma Santa Casa. As casas dos moradores durante o trekking, não possuem luz elétrica e os pernoites podem ser realizados em quartos coletivos dependendo do fluxo de visitantes para o local. O trekking no Vale do Pati é pensado e realizado visando à segurança e satisfação dos passageiros. A experiência e conhecimento da equipe de guias nas trilhas percorridas durante o trekking minimizam eventuais riscos. Todavia, em caso de necessidade o resgate será feito por guias locais qualificados com a ajuda do Corpo de Bombeiros da cidade de Lençóis. Resgates com helicópteros, quando necessários, serão solicitados a cidade de Salvador e podem demorar até 24 horas. Nossa equipe de guias para o trekking do Pati não possui telefone via satélite e não há outro meio de comunicação telefônica dentro do Vale.