Quem se diverte ou trabalha na natureza, precisa ser responsável por preservá-la também.

O chamado ecoturismo é um seguimento de atividade que, em primeiro lugar, promove o reencontro do homem com a natureza de forma a compreender os ecossistemas que mantêm a vida. As atividades são desenvolvidas através da observação do ambiente natural, através da transmissão de informações e conceitos ou através da simples contemplação da paisagem.

No turista, este processo auxilia no desenvolvimento da consciência da própria existência em equilíbrio na natureza, visando ainda a manutenção da qualidade de vida das gerações atuais e futuras. Este aprendizado permite que o turista tenha a possibilidade de transformar e renovar seu comportamento cotidiano. A realidade urbana com a qual o turista convive rotineiramente, passa a ser questionada gerando reflexões sobre poluição destes grandes centros, manutenção de áreas verdes, destinação e reciclagem de lixo e qualidade de vida. Objetiva-se, assim, a incorporação e tradução destas reflexões na forma de comportamento e posturas no seu ambiente de origem.

Neste crescimento do setor de turismo ecológico há cada vez mais pessoas iniciando em atividades ao ar livre, buscando por uma melhor qualidade de vida e bem-estar, o que aumenta a responsabilidade das empresas que estão no mercado, por conta do tipo de introdução que a empresa faz deste novo aventureiro ao ambiente natural.

Entendemos que esta introdução não é simplesmente levar o turista para fazer uma trilha pela primeira vez na vida, é preciso informar antes e conscientizar durante a atividade, para que depois da mesma, reflita em uma nova educação, de respeito para com o ambiente natural, todos os seres vivos encontrados pelo caminho e à sua própria vida.

Por isso que a Pegada Ecoturismo existe. Para proporcionar experiências incríveis junto à natureza e ORIENTAR, educar, contribuir com boas práticas, com CONSCIÊNCIA de riscos e quanto um “desafio” sem experiência pode custar caro. Ou até mesmo a VIDA! Por isso VALORIZAMOS e buscamos valorização deste mercado de ecoturismo, dos profissionais que trabalham no meio, com profissionalização e foco na SEGURANÇA. Brasileiro precisa confiar, respeitar e assim, fomentar o crescimento do segmento no país.

É preciso promover programas sérios e infra-estrutura segura e profissional, oferecendo e praticando a educação ambiental de forma multidisciplinar com guias e condutores especializados. O desenvolvimento de roteiros e programas diferenciados a vários tipos de ambientes, associadas à transmissão de informações e conceitos, levam com relativa facilidade ao aprendizado. Mas o grande legado deixado no turista é a compreensão e a consciência da importância de se preservar o ambiente natural, a história e a cultura dos lugares de visitação.

Sobre o Autor

Rafael Freitas
Rafael Freitas
Brasileiro, Belo Horizonte/MG, Formado em Processos Gerencias, Empreendedor, Guia de Montanha especializado em Turismo de Aventura. Sócio Proprietário na empresa Pegada Ecoturismo e Futuro Palestrante. Amante das serras, montanhas e cachoeiras, com varias vivencias no ecoturismo, decidiu que viveria sua vida respirando e sonhando aventuras. Acredita que não existe limites para conhecer novos lugares e novas conquistas. Viajar é explorar o novo, de forma simples.