São várias questões a se considerar, mas separamos algumas para você começar.

– Opte por destinos menos conhecidos e viaje na baixa temporada quando possível.

– Escolha empresas com práticas sustentáveis, observe a política da empresa, quais benefícios ela trás para a região e comunidade local a qual esta visitando.

-Use garrafa d’água e sacolas reultilizáveis.

– Fique atento aos resíduos, leve seu lixo com você até encontrar uma lixeira.

– Evite a utilização de plástico.

– Opte por andar a pé, bicicleta ou transporte público quando possível.

– Respeite a natureza e os animais, nos somos apenas visitantes.

– Ao fazer trilhas, permaneça sempre nos caminhos já demarcados. Isso evita criação de novas trilhas, pisar em plantas endêmicas e encontrar com animais peçonhentos.

– Não leve plantas, conchas, pedrinhas pra casa e não alimente os animais.

– Respeite as regras das localidades, e sempre que puder contrate um guia local.

– Evite o desperdício de água e energia.

– Contribua financeiramente com a comunidade, consumindo produtos locais.

– Vivencie a cultura, a culinária e respeite os moradores.

Aproveite para refletir sobre isso e quando voltarmos a viajar, estaremos mais atentos aos danos que nosso lazer pode causar.

Ter mais conhecimento, nos permite preservar o planeta e viajar com mais tranquilidade, como também nos proporcionar experiências muito mais ricas e com mais aprendizados.

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, Não importa o lugar, a experiência vale mais do que o destino.⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀

Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.

Contrate Ecoturismo LEGAL

 

 

Poder viajar e tirar um tempo para relaxar é muito bom, especialmente quando é uma viagem para aproveitar a natureza, em lugares bonitos e que proporcionam momentos incríveis. No Brasil, o que não falta são destinos assim, com atividades e passeios para aproveitar muito e que proporcionam experiências únicas.⠀

Viva essas experiências:

𝐃𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐨s 𝐣á 𝐝𝐢𝐬𝐩𝐨𝐧í𝐯𝐞is 𝐧𝐨 𝐧𝐨𝐬𝐬𝐨 𝐬𝐢𝐭𝐞 𝐩𝐚𝐫𝐚 𝟐𝟎𝟐𝟏

11 – Bonito (MS)

Bonito no Mato Grosso do Sul é uma dessas cidades que fazem jus ao nome. A cidade localizada a 50 km de Corumbá fica assentada sobre a Depressão do Miranda e o Planalto da Bodoquena.

Também conhecida como paraíso natural, é uma ótima opção de destino de viagem para aproveitar o ecoturismo. Envolta por natureza, também possui diversas opções de atividades e passeios para os amantes de aventuras e apreciadores de belezas naturais. Algumas das opções de atrativos estão as trilhas, rios e lagos de águas cristalinas, cachoeiras e grutas.

A região conta com diversos complexos turísticos. A Nascente Azul, por exemplo, dispõe de diversas atividade para a família toda, como trilhas, cachoeiras e piscinas naturais. Para os amantes de aventura é possível fazer flutuação, mergulho com cilindro, tirolesa e pêndulo. Além disso, o local oferece uma estrutura perfeita para visitantes com restaurante e banheiro.

Para quem procura aventura a melhor época para ir é entre Maio e Agosto, além do Festival de Inverno que acontece na cidade em Julho. O recomendado é que as reservas de hotéis e passeios sejam feitas com antecedência, pois correm o risco de lotação.

10 – Chapada Diamantina (BA)

Para quem gosta de ecoturismo e aventura, a Chapada Diamantina é o lugar certo. Localizada dentro do Parque Nacional de mesmo nome, dispõe de diversos passeios, atividades e atrações para encantar o turista. Com diversas cachoeiras, trilhas, grutas com formações raras e poços de água cristalinas é impossível se entediar.

As cachoeiras da Fumaça e a do Buracão são as mais populares pelos viajantes. A primeira proporciona a oportunidade de nadar dentro de um cânion, já a segunda é umas das quedas mais altas do Brasil.

Assistir ao pôr do sol no alto do Morro do Pai Inácio é uma experiência que todos que visitam o parque precisam ter. A trilha que leva ao topo é tranquila, mas tem que ter fôlego para subir os 500m, em compensação, a recompensa é deslumbrante.⠀

9 – Jericoacoara (CE)

Com uma das praias mais belas do mundo, Jericoacoara é o lugar ideal para quem deseja uma viagem para aproveitar a natureza e descansar. A cidade que tem um clima acolhedor e tranquilo, é conhecida internacionalmente, mas ostenta o ar de cidade pequena com as ruas cobertas de areia e sem iluminação pública.

O paraíso de Jeri, como é conhecido, é rodeado por dunas e é parte de um Parque Nacional, que preserva e mantém a natureza local. Além das belíssimas praias, também conta com lagos de água doce com vistas maravilhosas, há a opção de praticar esportes aquáticos e a vila encanta quem a conhece.

Para quem adora curtir a noite em bom estilo encontra diversas opções, como a passarela do álcool da praia, os bares e restaurantes que animam a cidade, como o ClubVentos e o Serramar.⠀⠀

8 – Lençóis Maranhenses (MA)

Considerado o mais importante atrativo turístico do estado do Maranhão, os Lençóis Maranhenses fazem jus aos elogios. Em meio às dunas, o Parque Nacional fica localizado a 250 km de São Luís e possui 155 mil hectares de terras.

Nas dunas produzidas pelos ventos estão os lagos naturais formados pelo acúmulo da água da chuva, dentre os meses de Fevereiro e Agosto. Mas se engana quem pensa que todas as lagoas são todas iguais, cada uma tem sua beleza e reservam experiências únicas a todos os viajantes. Para quem quer conhecer as lagoas bem cheias, essa é a melhor época para se programar.

Existem três cidades principais para se hospedar ao visitar a região: Atins, Santo Amaro do Maranhão e Barreirinha. As três opções conta com grande variedade de hotéis e pousadas, além de ótima estrutura para receber turistas.

7 – Ilhabela (SP)

Conhecida pelas histórias de piratas e naufrágios, as 42 ilhas que compõem os 130 Km de costa de Ilhabela fazem jus ao nome. Com suas belas águas, o litoral é propício para mergulho com a opção de conhecer os muitos barcos naufragados. A região ainda possui 83 Km de área preservada e conta com muitas cachoeiras, trilhas e locais perfeitos para caminhadas e mergulhos.

O destino ideal para quem procura relaxar e viajar com a família, a ilha conta com diversas atrações e passeios, sendo os mais procurados os passeios a barco para conhecer a região.

O passeio Terra e Mar, por exemplo, leva para conhecer a ilha de Castelhanos, para isso, são divididos dois grupos, um que vai de barco e o outro de jipe, na volta os transportes são trocados. A excursão de flexboat e o trekking também são ótimas opções para conhecer e se deslumbrar com as paisagens locais.

Para quem curte uma vida noturna, os clubes de praia são os indicados, nos bares de Vila e nas praias Saco de Capela e Curral.

Tamandaré (PE), Fernando de Noronha (PE), Gramado e Canela (RS), Vila Itaúnas (ES) e Trancoso (BA) são mais alguns lugares perfeitos de viagem para aproveitar nesse estilo.

6- Chapada das Mesas, Maranhão

O Parque Nacional da Chapada das Mesas é um dos mais novos parques nacionais do Brasil. Florestas de buritizais, sertões, relevo de chapadas vermelhas, compõem um estonteante conjunto de curiosas formações rochosas, cânions, cavernas e cachoeiras. São inúmeras as surpresas e aventuras que uma visita a esse parque pode revelar.

O Parque Nacional da Chapada das Mesas protege 160.046 hectares de Cerrado nos municípios de Carolina, Riachão, Estreito e Imperatriz, no centro-sul do Maranhão. Seu nome veio por conta de seus platôs, que lembram realmente o formato de mesas de pedra. Isso se deu devido aos paredões de rocha de arenito formados há milhões de anos.

A cidade base para todos os passeios é Carolina, a 800 quilômetros de São Luís. Local onde já foram encontradas exatamente 89 cachoeiras e mais de 400 nascentes e, por isso, a cidade tem o apelido de Paraíso das Águas.

5 – Alter do Chão (PA)

As margens do Rio Tapajós, Alter do Chão é considerada o “Caribe Amazônico” graças as suas águas cristalinas, a região tem cerca de 2 mil quilômetros de praias exóticas, algumas de fácil acesso e outras completamente desertas e isoladas. Além de praias fluviais e passeios de barco pelo Rio Tapajós, a região oferece cachoeiras, florestas e comunidades ribeirinhas que podem ser visitadas.

O local ganhou fama mundial depois de ter sido eleita pelo jornal The Guardian como um dos mais belos destinos de praia no Brasil, à frente de paraísos como Fernando de Noronha e Alagoas.

A pequena área urbana de Alter do Chão abriga o Centro para a Preservação da Arte, da Cultura e da Ciência Indígena (CPAI), conhecido como Museu do Índio, onde podem ser encontrados objetos raros e a história de 70 tribos da região amazônica.

4 – Pantanal (MS)

Na maior planície inundável do planeta, cenário de uma incrível biodiversidade, o Pantanal sul-mato-grossense é a combinação harmoniosa entre água, fauna, flora e gente.

Passear pelo Pantanal é uma aventura. Seja tocando uma comitiva, andando a cavalo ou de caminhonete 4×4 dentro d’água visitando regiões com muitas flores, vegetação exuberante e muita água, seja relaxando ao pôr-do-sol, refletido nas águas das lagoas e salinas, saboreando a deliciosa culinária pantaneira, com peixes, carne de gado ou carneiro e muitos doces locais.

É um paraíso para observadores e fotógrafos de fauna e flora, onde vivem cerca de 230 espécies de peixes, 650 de aves, 80 de mamíferos e 50 de répteis. A maioria das fazendas localizadas no Pantanal não só oferece boa infraestrutura e atendimento ao turista como também apresentam conscientização ecológica e manutenção da cultura pantaneira.

3 – Fernando de Noronha

Considerada Patrimônio Mundial Natural pela Unesco, Fernando de Noronha é um verdadeiro paraíso, com natureza preservada, paisagens que parecem pinturas, areias douradas e mar de um azul indescritível. Morada de espécies raras, área de rigorosa preservação ambiental, por onde se olha é possível avistar as mais lindas cenas da natureza.

O arquipélago, que pertence a Pernambuco e está localizado a 540 km de Recife, possui um inestimável patrimônio ecológico e cultural. São mais de 21 ilhas espalhadas por 26 Km², que guardam praias paradisíacas, imponentes formações rochosas, trilhas em meio à exótica vegetação e um dos mares mais limpos do planeta, com visibilidades que podem chegar a 50m e com enorme variedade de flora e fauna marinhas. É sem dúvida um dos lugares mais bonitos do mundo.

2 – Chapada dos Guimarães (MT)

O Mato Grosso é o único estado do Brasil que abriga ecossistemas diferentes entre si, a uma confortável distância de sua capital, Cuiabá. Este programa dá ao visitante a oportunidade de visitar a Chapada dos Guimarães, 76 km a nordeste de Cuiabá e a beleza intocada da pequena Bom Jardim no município de Nobres (147 km Noroeste).

Rios cristalinos cheios de peixes, grutas e lindas cachoeiras, um verdadeiro paraíso escondido em Mato Grosso, a cidade de Nobres possui belezas surpreendentes que ainda permanecem longe do roteiro de muitos viajantes e vem ganhando aos poucos o reconhecimento mais que merecido daqueles que buscam destinos que propiciam contato com a natureza.

Já o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, criado em 1989 para proteger suas riquezas naturais, seus sítios arqueológicos, monumentos históricos, paredões de arenito que ganham uma tonalidade indescritível de dourado ao pôr do sol, complementam essa beleza o voo de belas aves como as araras vermelhas.

O fato de estar sobre uma das antigas placas tectônicas do planeta e abrigar o centro geodésico da América do Sul, atrai muitos esotéricos e turistas interessados no apelo místico do lugar. Além disso, há 46 sítios arqueológicos catalogados em seus 33 mil hectares de área onde foram encontrados ossos de dinossauros do período Jurássico, inscrições rupestres e pinturas feitas por antepassados.

1 – Cataratas – Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é dona de belezas únicas e reconhecidas no mundo todo, como as Cataratas do Iguaçu e Itaipu Binacional. Além disso, a diversidade que a cidade abriga é de encantar turistas, por sua harmonia de culturas, crenças, costumes e tradições. Juntamente com Paraguai e Argentina, as três fronteiras oferecem um conjunto de atrações e curiosidades que agradam todos os perfis de viajantes.

Classificado como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, o Parque teve suas Cataratas selecionadas como uma das Novas 7 Maravilhas Naturais do Mundo, e protege espécies da fauna e da flora ameaçadas de extinção, como a onça-pintada e a araucária. Lá é possível conhecer a Garganta do Diabo, maior queda d’água do conjunto, com 90m de altura.

Agora que você já conheceu um pouquinho mais sobre esses destinos de viagem para aproveitar a natureza, deu até vontade de planejar as próximas férias, não é? Então, aproveite! Essa é uma oportunidade de ter memórias e experiências únicas.

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, Não importa o lugar, a experiência vale mais do que o destino.⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀

Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.

Contrate Ecoturismo LEGAL

 

 

Muitas vezes o foco dos brasileiros é buscar destinos internacionais para viajar, esquecendo que no Brasil existem inúmeros lugares tão bons e bonitos, ou até mais quanto em outros países.

Entretanto, por que primeiro conhecer o exterior e esquecer do próprio país?

O Brasil, país que encanta os olhos de quem vê, com suas belezas, diversidade e histórias, este país do tamanho de um continente, além de possuir 27 unidades federativas, detém de diversidades muito marcantes e reconhecidas não só nacional, como internacional. Indo do acarajé da Bahia ao pão de queijo de Minas Gerais, das praias paradisíacas de Santa Catarina às Cataratas de Foz do Iguaçu, das lagoas cristalinas em Bonito aos cânions de Cambará do Sul.

Que nós somos um lugar enorme com muito a conhecer, isso não pode-se ter dúvidas nunca, então por que não vivenciar as diversidades que existem nesse país tropical abençoado?

Você já se aventurou pelos cânions Fortaleza, com sua vista verde única e a famosa Pedra do Segredo? Já visitou Alter Chão “Caribe Amazônico” e suas lindas praias? Tem muita gente que ainda não ouviu falar dessa charmosa vila no interior do estado do Pará.

Quem já conheceu este lugar não se arrepende e na verdade afirma ser um dos lugares mais especiais do Brasil.

Já deslumbrou a belíssima Ilha do Mel ou andou no incrível Trem da Serra do Mar? Vai me dizer que nem pelo Buraco do Padre você passou? Conhece a Serra do Rio do Rastro com uma das estradas mais impressionantes do mundo? Ou o Parque do Petar (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira), uma das Unidades de Conservação mais importantes do mundo que abriga a maior porção de Mata Atlântica preservada do Brasil e mais de 300 cavernas. É considerado hoje um patrimônio da humanidade, reconhecido pela UNESCO.

E os Lençóis Maranhenses? A areia branca e fina marca o paradisíaco caminho percorrido pelos viajantes em meio ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. As lagoas de água doce entre as dunas formam um cenário único em todo o mundo e é impossível não se emocionar ao chegar no topo da paisagem e ver a imensidão dos Lençóis Maranhenses.

Conhece o Pantanal?

Na maior planície inundável do planeta, cenário de uma incrível biodiversidade, o Pantanal sul-mato-grossense é a combinação harmoniosa entre água, fauna, flora e gente. Passear pelo Pantanal é uma aventura.

Seja tocando uma comitiva, andando a cavalo ou de caminhonete 4×4 dentro d’água visitando regiões com muitas flores, vegetação exuberante e muita água, seja relaxando ao pôr-do-sol, refletido nas águas das lagoas e salinas, saboreando a deliciosa culinária pantaneira, com peixes, carne de gado ou carneiro e muitos doces locais.

Temos também os encantos do Jalapão. Localizada no Estado do Tocantins, a região encanta por suas águas abundantes, chapadões e serras.

Entre os atrativos mais procurados estão a Cachoeira da Velha, uma enorme queda d’água em forma de ferradura de aproximadamente 100 metros de largura e 15 metros de altura; as Dunas, cartão postal do Jalapão, composto por areias finas e alaranjadas que chegam à 40 metros de altura; os Povoados do Mumbuca e Prata, comunidades remanescentes de quilombos, cuja visitação possibilita ao turista vivenciar a cultura local; a Serra do Espírito Santo, formação rochosa onde é possível apreciar a flora da região; a Cachoeira do Formiga, um encantadora nascente de água verde-esmeralda; e os Fervedouros, com suas águas transparentes, nas quais é impossível afundar.

São tantos locais que devemos conhecer, que ficamos até mesmo perdidos não é mesmo? Por isso, é sempre bom começar conhecendo primeiro a sua cidade, o seu estado e o seu país antes de querer dar a volta ao mundo.

Ter em sua bagagem pessoal o gostinho saboroso de conhecer o Brasil de norte à sul, de centro-oeste a nordeste e acabar no sudeste, não têm nenhum preço.

Possuir em seu currículo aventureiro os mais diversos pontos turísticos, dos menores aos maiores, dos mais conhecidos aos desconhecidos, é dar a sua alma o conhecimento que nenhum livro ou pesquisa básica na internet pode proporcionar.

Sair de sua casa, deixar pegadas em solo novo, respirar um ar diferente, caminhar para longe, sair da rotina é o descanso ideal que seu corpo acostumado ao comum precisa.

Descubra o Brasil!