Retiro, como o próprio significado da palavra nos trás, é um ato de nos retirar, proteger. Aqui vamos mais a fundo, os retiros funcionam como uma vivência, que vão te incentivar a se olhar, a se cuidar, a ter momentos de reconexão com a sua essência, te fortalecer, te trazer autoconhecimento e muito aprendizado.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Os retiros que nós referimos, podem ter temas variados como algo espiritual, de formação, conexão, meditação, yoga, entre outros.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eles podem ser realizados em um único dia ou ter uma duração maior, depende muito do objetivo de cada retiro. E normalmente são realizados em pequenos grupos de pessoas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
No nosso site você vai poder conhecer e acompanhar alguns retiros e imersões que preparamos. Teremos uma saída por mês.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Seguindo a nossa missão que é te ajudar a ressignificar o sentido da sua caminhada, para que você viva mais momentos de felicidade e fique em harmonia consigo e com o próximo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
𝘾𝙤𝙣𝙛𝙞𝙧𝙖 𝙖𝙨 𝙥𝙧ó𝙭𝙞𝙢𝙖𝙨 𝙙𝙖𝙩𝙖𝙨:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
25 Julho (2 vagas restantes)
28 Agosto (Vagas abertas)
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Informações, Consultas e Reservas:
🌐 www.pegadaecoturismo.com.br
✉ contato@pegadaecoturismo.com.br
📱 (31)97587-6282 WhatsApp

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Confira  alguns dos nossos roteiros de viagens relacionados ao Elemento Ar 

Elemento Ar 

Descubra sua versão mais leve

 

  • BALONISMO EM SÃO LOURENÇO

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/balonismo-em-sao-lourenco/

  • Caminhada Meditativa

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/caminhada-meditativa/ 

  • Yoga ao Ar Livre  

Confira:   

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/yoga-ao-ar-livre/

 

Viva essas experiências

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Confira  alguns dos nossos roteiros de viagens relacionados ao Elemento Terra 

Elemento Terra 

Explore novos caminhos

  • ALTER DO CHÃO – PARÁ

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/alter-do-chao-para-2/

  • CAMBARÁ DO SUL – SERRA GAÚCHA-RS

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/cambara-do-sul-serra-gaucha-rs-5/

  • JALAPÃO-TO 6 DIAS

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/jalapao-to-6-dias/

 

Viva essas experiências

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Confira  alguns dos nossos roteiros de viagens relacionados ao Elemento Fogo 

Elemento Fogo 

Encare novas aventuras

 

  • MONTE RORAIMA

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/monte-roraima/

  • ALTO PALÁCIO X SERRA DOS ALVES

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/alto-palacio-x-serra-dos-alves/ 

  • PARAQUEDISMO EM BOITUVA E BROTAS/SP

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/paraquedismo-em-boituva-e-brotas-sp/

  • CAIAQUE E STAND UP PADDLE NO RIO CIPÓ

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/caiaque-e-stand-up-padlde-no-rio-cipo/  

  • LENÇÓIS MARANHENSES – A TRAVESSIA DO PARQUE NACIONAL 

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/lencois-maranhenses-a-travessia-do-parque-nacional-2/ 

  • VALE DO PATI – CHAPADA DIAMANTINA 

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/vale-do-pati-chapada-diamantina/ 

  • PETRÓPOLIS X TERESÓPOLIS

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/petropolis-x-teresopolis/

  • PICO DAS AGULHAS NEGRAS E COUTO/PRATELEIRAS 

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/pico-das-agulhas-negras-e-couto-prateleiras/ 

 

Viva essas Aventuras

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Elemento Água 

Deixe Fluir 

Confira  alguns dos nossos roteiros de viagens relacionados ao elemento água e comece a planejar a sua próxima conexão com a natureza  

  • SERRA DA CANASTRA – MG

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/serra-da-canastra-mg/

  • PANTANAL SUL + BONITO | 5 DIAS

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/pantanal-sul-bonito-5-dias/  

  • FOZ DO IGUAÇU – TRÍPLICE FRONTEIRA

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/foz-do-iguacu-triplice-fronteira-2/

  • LENÇÓIS MARANHENSES /MA

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/lencois-maranhenses-ma/

  • CHAPADA DOS VEADEIROS – GO

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/chapada-dos-veadeiros-go-3/

  • PARQUE ESTADUAL DE IBITIPOCA – MG 

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/parque-estadual-de-ibitipoca-mg-janela-do-ceu-2/

 

Viva essas experiências

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Conheça alguns pontos importantes na relação entre Prática de Yoga, Meditação e Viagens

Yoga e Meditação

Tem como objetivo em trazer melhorias para o corpo físico e mental.

  • O Yoga se refere à prática de exercícios que oferecem uma estabilidade geral do corpo – interna, externa e mental.

Alguns dos benefícios que o Yoga pode trazer para a saúde, são:

Auxiliar no controle do estresse, ansiedade, dores no corpo e na coluna, além de melhorar o equilíbrio e promover a sensação de bem estar e a disposição, melhora o sono, maior consciência corporal, maior concentração. E se você acha que yoga é apenas torcer e movimentar o corpo de forma esquisita, está na hora de repensar. Yoga é muito mais do que posturas.

  • A meditação praticada no Yoga faz com que a pessoa se concentre no presente, desocupando a mente de problemas do passado ou futuro, o que proporciona equilíbrio emocional, sensação de paz interior, bem estar e equilíbrio da mente para as situações do dia-a-dia.

Além disso, também ajuda no tratamento da depressão, devido à sensação de relaxamento, no aumento da auto-confiança, otimismo, concentração, diminuição da irritabilidade e melhora das relações interpessoais.

Yoga, Meditação e Viagens

Viajar nos tira da zona de conforto e nos transforma

Além de experiências de contemplação e conhecimento, viajar ainda nos permite uma verdadeira imersão em autoconhecimento e crescimento pessoal, basta estarmos abertos e termos a vontade de não somente conhecer um novo destino e tudo ao redor, como também uma nova parte de nós mesmos.

Quem está à procura desse tipo de viagem, com foco no autoconhecimento, autocuidado e relaxamento, deve priorizar roteiros que tenham yoga e meditação como protagonistas. As práticas, em conjunto com um novo cenário e, de preferência, na natureza, isso te permitem usufruir de dias de total conexão com o seu eu interior e com cada pequeno detalhe que te cerca.

Confira nossos roteiros de bem-estar 

Fale conosco!

VIVA ESSAS EXPERIÊNCIAS!!!

(31) 975876282

E-mail: contato@pegadaecoturismo.com.br

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Que tal mais histórias e conexões? Mais aventuras, novos caminhos, descobertas e sensações.  Descobrir sua versão mais leve em viagens autênticas e única.

Indepente da experiência, nossa dica é: Insira mais doses de natureza em seu dia a dia, transforme a sua qualidade de vida, sinta a alegria e realização ao se permitir viver algo novo.

Vamos te ajudar a acender essa chama de encarar um novo desafio

Confira um pouco desses desafios que preparamos para vocês e venha viver novos caminhos conosco  

E não deixe de olhar toda programação já disponível em nosso site

Experiências de viagens  exclusivas 

  • Você já experimentou a sensação de dormir em uma cabana, ou seja, um refúgio em um espaço mágico entre as montanhas?

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/recanto-pegada/ 

 

  • Se aventurar em um passeio de quadricíclo 4×4

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/passeio-de-quadriciculo-4-x-4/ 

 

  • E um Luau mágico assistindo o céu estrelado ao redor de uma roda de fogueira?

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/luau-de-inverno/    

 

  • Degustação de vinhos e quitutes local em uma rota super especial de inverno

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/catas-altas-especial-de-inverno-2/  

 

  • Uma imersão de encontro a tua essência, o que te move rumo ao teu propósito maior

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/retiro-de-inverno/ 

 

  • Reconectar com a natureza  em um simpático vilarejo aos pés da serra

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/serra-do-funil-rio-preto-mg-4/

 

  • Trilha Kids – Compartilhar com a criançada aquilo que mais vivenciamos: a NATUREZA!

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/trilha-das-crianc%cc%a7as/

 

  • Uma verdadeira imersão em um roteiro desenhado para vcs mulheres

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/caminhada-meditativa/ 

 

E, aí já imaginou em uma Fotografia Noturna?

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/tour-fotografico-c-por-sol-e-fotografia-noturna/ 

 

  • Pôr do Sol Pra Elas – Um pôr do sol marcante e surreal. E tudo isso acompanhado de um delicioso vinho e quitute local.

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/por-do-sol-pra-elas-3/ 

 

  • Um dia de experiência em passeio de Caiaque, Stand Up e renovar as energias com banho de cachoeira

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/caiaque-e-stand-up-padlde-no-rio-cipo/

 

  • Sabe aquele vôo de balão que nos faz sentir nas nuvens?

Confira: 

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/balonismo-em-sao-lourenco/

 

  • Se desafiar em um dos trekking mais bonitos do Brasil

Confira:

https://www.pegadaecoturismo.com.br/destinos/vale-do-pati-chapada-diamantina/ 

 

Fale conosco para descobrir!

VIVA ESSAS EXPERIÊNCIAS!!!

(31) 975876282

E-mail: contato@pegadaecoturismo.com.br

 

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Com tantos cenários paradisíacos por aí, com certeza não foi tarefa fácil escolher quais seriam os lugares premiados com este título. Depois de uma longa votação, com 440 atrações candidatas ao voto do público e de especialistas, a lista oficial foi divulgada.

Veja quais são as 7 Maravilhas Naturais do Mundo e planeje as suas próximas viagens!

 

  • Floresta Amazônica – Brasil, Peru, Venezuela, Colômbia, Bolívia, Guiana, Suriname, Equador e Guiana Francesa

A Floresta Amazônica se divide entre 9 países da América do Sul, mas a maior parte da sua área está em território brasileiro. Dona da maior biodiversidade do planeta e peça fundamental na regulação do clima global, a floresta amazônica está na lista das 7 maravilhas naturais do mundo. Navegar pelo rio Amazonas, fazer trilhas, admirar a fauna e flora, provar as comidas típicas e ter contato com a comunidade local são algumas das experiências incríveis que a região oferece.

  • Baía de Ha Long – Vietnã

A Baía de Ha Long, localizada na província de Quang Ninh no Vietnã, foi declarada Patrimônio Mundial da UNESCO em 1993. Composta por um conjunto de 1.600 ilhas e ilhotas de calcário que se elevam das águas, a baía oferece praias, cavernas, grutas, recifes e manguezais, ou seja, há muito o que explorar na região. Suas águas esverdeadas abrigam 200 espécies de peixes e 450 tipos de moluscos.

  • Cataratas do Iguaçu – Brasil e Argentina

Na divisa entre Foz do Iguaçu, Paraná, e Puerto Iguazú, Misiones, estão as Cataratas do Iguaçu, mais precisamente dentro do Parque Nacional do Iguaçu e do Parque Nacional Iguazú. Ambos foram considerados Patrimônio Natural da Humanidade e criados com o objetivo de proteger o manancial e todo o meio ambiente ao redor. As Cataratas do Iguaçu compõem o maior conjunto de quedas d’água do mundo – são 275 no total, com uma média de 65 metros de altura.

  • Ilha de Jeju – Coreia do Sul

A Ilha de Jeju, também conhecida como a Ilha dos Deuses, é um conjunto de ilhas vulcânicas localizadas no sul da Coreia do Sul. É lá que se encontra o ponto mais alto do país: o Hallasan, um enorme vulcão inativo rodeado por outros 360 vulcões menores. A ilha é repleta de cavernas, escarpas, praias, lagos e cachoeiras, o que, em conjunto com a ótima infraestrutura e hospitalidade, atrai muitos turistas, principalmente casais em lua-de-mel.

  • Rio Subterrâneo de Puerto Princesa – Filipinas

Em meio a tantas magníficas paisagens das Filipinas, talvez a maior delas, reconhecida como uma das 7 maravilhas naturais do mundo, seja um rio subterrâneo navegável de 8,2 km de extensão que atravessa uma caverna. O rio é a principal atração do Parque Nacional do Rio Subterrâneo de Puerto Princesa, localizado na Ilha Palawan. O cenário também presenteia com pedras calcárias e uma linda lagoa na entrada da caverna.

  • Parque Nacional de Komodo – Indonésia

O Parque Nacional de Komodo, considerado Patrimônio Mundial e Reserva da Biosfera pela UNESCO, foi fundado em 1980 na Indonésia com o intuito de proteger a flora e fauna local, à qual pertence o temido dragão de Komodo, um lagarto extremamente venenoso, considerado o maior do mundo. O parque abrange 3 grandes ilhas – Komodo, Rinca e Padar – e outras ilhas menores, todas de origem vulcânica.

  • Montanha da Mesa – África do Sul

A Table Mountain, como é mundialmente conhecida, é uma das montanhas mais antigas do mundo e o lar de uma incrível diversidade de espécies endêmicas. Muito famosos por ali são os dassies, pequenos mamíferos que podem ser facilmente encontrados enquanto as pessoas circulam pelo local. Além da rica fauna e flora e da vista espetacular de lá de cima, a montanha na África do Sul ainda oferece atividades como trilha e rapel para os mais aventureiros. Para chegar ao topo, o jeito mais fácil, e um dos grandes atrativos da cidade, é por teleférico.

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, proporcionando o melhor da experiência em viagem.

𝙏𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤 𝙍𝙚𝙨𝙥𝙤𝙣𝙨á𝙫𝙚𝙡 ♻️
👣 |𝘼 𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 é 𝙚𝙨𝙨𝙖!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
Contrate Ecoturismo LEGAL

Quando viajar para os principais Destinos Nacionais

É difícil determinar o clima nas cidades brasileiras – se Julho pode ser o mês mais frio em alguns lugares, pode representar também o período de chuvas em uma praia do Nordeste ou de seca em um vilarejo do Norte. Pensando na eterna dúvida de “quando ir”, separamos algumas dicas, sugestões e sacadas de alguns destinos nacionais para te ajudar a planejar sua próxima viagem e indicamos a melhor época para viajar.

Bora Conferir?

Chapada das Mesas – MA 

O clima é tropical úmido, com temperaturas altas o ano todo. O melhor período para visitar é de Maio a Outubro, na estação seca. De novembro a abril é o período das chuvas. A temperatura média anual é de 26° com máximas de 36°.

Dica Pegada: Não deixe de provar pratos típicos da região nos restaurantes de Carolina, como o “arroz Maria Isabel”, feito com carne de sol picadinha, cebola, pimentão, alho, pimenta-do-reino, coentro e cebolinha verde. Uma explosão de sabores regionais!

Chapada dos Veadeiros – GO 

Melhor época – Maio a Outubro

Nesse período a Chapada dos Veadeiros sofre com a seca e ausência quase total de chuvas.

Já nos meses de outubro a abril o clima muda e as chuvas tomam conta do lugar. E como estamos falando de uma região onde o foco é o turismo de natureza, o tempo influenciará, e muito, a experiência de quem visita a Chapada dos Veadeiros, por isso é preciso estar ciente do que encontrar em cada período.

Dica Pegada: Pra quem dispõe de mais alguns dias, indicamos uma extensão para conhecer os atrativos de Cavalcante, como a bonita cachoeira de Santa Bárbara, localizada em uma das comunidades remanescentes de quilombos, os Kalungas.

Aventure-se pela tirolesa do voo do gavião! O desafio consiste em voar por dois cabos paralelos, tensionados entre a Serra Almécegas e o Morro do Mirante da Fazenda São Bento, totalizando um desnível de 55 metros em 850 metros de comprimento.

Para poder aproveitar tudo o que a Chapada oferece de melhor, programe sua viagem com estadia nas duas cidades principais – Alto Paraíso e São Jorge – e busque um roteiro que também contemple um dia de visita às Cachoeiras de Cavalcante.

Jalapão – TO 

Melhor época – Ano todo

Melhores meses Abril a Outubro

Nesse período, os dias são quentes e as noites têm temperaturas amenas. As chuvas são bem escassas e quanto mais perto do  mês de Setembro, mais seco estará o ar. O mês de Maio é o melhor período para visitar o Jalapão, quando a umidade ainda está alta, quase não há chuvas e a vegetação ainda está verde.

Lençóis Maranhenses – MA 

Melhor época – Junho a Setembro

Para visitar os Lençóis Maranhenses é preciso estar atento à temporada de chuvas. É nesse período que as lagoas enchem e a paisagem ganha os famosos contornos com milhares de piscinas de água doce em meio às dunas. A temporada de chuva costuma acontecer de Janeiro a Junho. Quanto mais chuvas no ano, mais cheias ficam as lagoas no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Assim que as chuvas diminuem a frequência, as lagoas começam a secar. A partir de Setembro, já será mais difícil encontrar lagoas com água suficiente para mergulhos. Quem visita a região depois de Outubro corre grande risco de ver as lagoas já bem vazias. Entre Novembro e Janeiro, a situação é ainda mais crítica e apenas as lagoas perenes ficam cheias. E elas são raríssimas.

Dica Pegada: De Maio a Setembro, na semana da lua cheia: Se você não se importa de abrir mão de conforto para vivenciar uma experiência inesquecível, planeje-se e participe de um dos roteiros de travessia do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses com pernoite em casa de nativos.

Aventure-se pelo sobrevoo dos Lençóis e deleite-se com o mosaico de dunas e lagoas que parecem não ter fim. É a melhor vista que se pode ter dos Lençóis Maranhenses!

Chapada Diamantina – BA

A Chapada Diamantina pode ser visitada o ano todo já que cada época proporciona ao visitante uma paisagem diferente:

Março a Outubro – Período de menor incidência de chuva e portanto considerada a melhor época para curtir a Chapada, especialmente para as viagens de trekking e expedições.

Novembro a Fevereiro – As chuvas são regulares neste período, mas a maioria dos passeios e trilhas podem ser realizados mesmo assim. Os rios e cachoeiras ficam com volume muito maior de água e alguns atrativos ficam ainda mais espetaculares nesta época do ano. Tenha sempre uma capa de chuva na mochila!

Setembro a Novembro – São os meses mais indicados para quem quer apreciar a grande variedade de orquídeas da região.

Abril a Setembro – Período de maior incidência dos raios solares nos Poços Azul e Encantado.

Dica Pegada: A parte Norte do Parque da Chapada Diamantina é passagem obrigatória para os visitantes, também porque possui excelentes ofertas de serviços. Contudo, na parte Sul, tem inúmeros atrativos. Fique atento para fazer um roteiro que contemple mais de cada cidade.

Para conseguir acomodar tantos atrativos extraordinários em sua viagem, busque por roteiros que contemplem ao menos mais uma cidade além de Lençóis. Neste formato, os trajetos de carro ficam mais curtos e os dias são melhores aproveitados, além de ser possível incluir a parte sul do parque no roteiro.

A diversidade de passeios na Chapada permite que sejam elaborados roteiros sob medida para todos os perfis de viajantes.
Dos atrativos que podem ser alcançados de carro aos trekkings mais exigentes, é o destino ideal para férias em família, com amigos, com crianças, sozinho ou na melhor idade.

O Poço Azul e o Poço Encantado, grutas com águas cristalinas, são atrativos de tirar o fôlego. A transparência da água é tamanha que é possível ver nitidamente tudo o que está no fundo, como pedras e troncos, em áreas que variam de 20 a 60 metros de profundidade. Entre os meses de Abril e Setembro, devido à posição do sol, os raios solares penetram nas cavernas e atravessam os poços, formando um incrível feixe de luz azul turquesa num fenômeno natural fascinante e imperdível!

Você sabia que o que hoje é sertão já foi banhado pelas águas do mar no passado? A Chapada Diamantina começou a ser desenhada há cerca de 2 bilhões de anos a partir de um choque de placas tectônicas, responsável pela formação que foram então esculpidas pelas chuvas, ventos e rios, criando a paisagem espetacular que vemos hoje!

Jericoacoara – CE  

Não existe época ruim para viajar para Jeri, mas para aproveitar a viagem ao máximo, nós aconselhamos ir entre Julho a Setembro, quando o período de chuvas já chegou ao fim e, portanto, as lagoas estão cheias. Além disso, em meados de Agosto, o pôr-do-sol se encaixa perfeitamente no “buraco” da Pedra Furada, fenômeno que ocorre raramente, e é também o mês perfeito para a prática de kitesurf e windsurfe.

Dica Pegada: Ao reservar um dos nossos pacotes para Jericoacoara, você também terá transporte garantido do aeroporto de Fortaleza para a vila de Jeri, mas vale lembrar que não há agências bancárias e caixas eletrônicos por lá, portanto, lembre-se de levar dinheiro em espécie na viagem. No entanto, se precisar sacar, é possível encontrar bancos em Jijoca, mas será necessário tomar a jardineira para chegar até lá.

Cambará do Sul – RS

Melhor época – ano inteiro

Dica Pegada: Aproveite sua estada na pequena cidade de Cambará do Sul para conhecer um pouco mais da culinária típica serrana: pinhão assado na chapa do fogão a lenha, carreteiro de charque, batata-doce caramelizada, deliciosas trutas e até cervejas artesanais produzidas com as águas que correm pelos cânions!

Pará – Alter Do Chão

Alter do Chão é o típico destino cuja data de embarque fará toda a diferença na experiência da viagem. Com duas estações bem definidas — uma de chuva e outra de seca —, Alter do Chão tem cenários distintos a depender da época do ano que você estará por lá. O melhor período para ver as famosas praias de rio é o chamado verão mazônico, temporada seca que vai de agosto a dezembro. Já para quem busca passeios de barco em meio à floresta e deseja ver mais da fauna, o recomendado é viajar no inverno amazônico, temporada de chuvas que vai principalmente de janeiro a julho. Independente da época da viagem, podemos garantir que as paisagens de Alter do Chão serão sempre espetaculares! Vale embarcar durante todo o ano e até mesmo duas vezes em diferentes estações, já que serão viagens com paisagens bem distintas.

Alta Temporada: Agosto a Dezembro — verão amazônico
Baixa temporada: Fevereiro a Junho — inverno amazônico

Dica Pegada: Tenha certeza que vale ir a Alter do Chão tanto na baixa quanto na alta temporada. O mês de janeiro, que marca o início das chuvas, ainda garante belas praias.

Foz Iguaçu – PR

Melhor época – Março a Outubro

Dica Pegada: Acrescente duas atividades extras de grande impacto na sua viagem. O deslumbrante sobrevoo de
helicóptero e o famoso Macuco Safari, passeio em botes infláveis, motorizados, que sobem o Rio Iguaçu até as imponentes cataratas, aproximando-se ao máximo da Garganta do Diabo, a maior de todas as quedas.

Fernando Noronha

Melhor época – Ano Inteiro

Dica Pegada: Para quem não tem curso de mergulho mas tem curiosidade no tema, procure pelo “batismo”, que permite ao iniciante ver o fantástico fundo do mar e experimentar a incrível sensação de respirar em baixo da água. Quem já fez curso, terá oportunidade de fazer vários mergulhos autônomos com apoio profissional.

Chapada Guimarães – MT

Claro que o charme do Parque Nacional se mantém durante todos os meses do ano, mas o ideal é se programar parar pegar dias com céu mais limpo, quando podemos apreciar mais ainda a beleza do lugar.

A temperatura média é de 25 graus, mas você provavelmente terá sensação de mais calor no verão.

Verão
A estação mais quente vai de agosto a outubro. Esse é um bom período para ir a Chapada dos Guimarães: o termômetro pode marcar, facilmente, 30 graus e as chuvas não devem incomodar tanto.

Aliás, a seca dos meses anteriores deixaram as cachoeiras ainda mais limpas, apesar do volume de água ser menor. Nesse período, há risco de queimadas é grande.

Inverno
O friozinho chega entre maio e julho, com temperaturas mínimas próximas a 15 graus.

Como as chuvas vão diminuindo, os rios ainda estão cheios e as cachoeiras mais volumosas, mas isso munda mais pro final da estação. A água não fica tão gelada, dando mais coragem para um mergulho.

Dica Pegada: Evite o inverno, quando há nebulosidade e as paisagens ficam prejudicadas.

Curitiba – PR

A melhor época para curtir e fazer uma viagem para Curitiba é no outono, entre os meses de março e maio, quando chove pouco e as temperaturas estão agradáveis – no inverno, os termômetros ficam lá embaixo mas, para esquentar, tem o Festival de Inverno do Centro Histórico, com atividades culturais.

Curitiba não é o tipo de cidade que atrai uma multidão de turistas nos finais de semana, feriados e férias escolares. Pelo contrário! A cidade fica mais vazia nesses períodos, quando os moradores correm em direção à praia. Sendo assim, caso deseje visitar Curitiba com mais calma, escolha os feriados, finais de semana e períodos de férias. Dois momentos pontuais costumam aumentar o número de turistas em Curitiba. Um deles é o Festival de Teatro, que acontece em março e atrai um grande público. O outro é o Natal Luz, que enche Curitiba de atrações no mês de dezembro e é maravilhoso não só para as crianças, mas também para os adultos.

Florianópois -SC

Florianópolis é uma cidade linda o ano inteiro, mas certamente há períodos melhores e piores para viajar dependendo de seu objetivo. O verão é a temporada mais animada da cidade, quando há maior frequência de turistas e quando as praias estão excelentes porque a temperatura do mar não é tão gelada. Já no inverno quem não é turista pode achar a água gelada e, embora a cidade permaneça encantadora, curtir o mar pode ser difícil.

No verão chove mais em Floripa (principalmente de janeiro a março), mas nada que tire o brilho da cidade e impeça de aproveitar muito bem as suas praias. As temperaturas ficam na casa dos 24°C no verão, variando e sempre fazendo bastante calor. No inverno, quando as chuvas são menores, a média é de 17°C. Entretanto, é bom estar preparado para pegar mais frio ainda, pois a temperatura cai consideravelmente e chega a fazer 5°C quando o vento sul chega à cidade.

Dica Pegada: O outono é uma das melhores épocas para viajar para Floripa, principalmente nos meses de março e abril, quando as temperaturas ainda estão agradáveis e boas para curtir uma praia.

Bonito – MS

Melhor época – ano todo

Seca – temperaturas frias, rios com melhor visibilidade – maio a setembro

Chuva – temperaturas mais altas, rios com menor visibilidade – outubro a abril

Dica Pegada – Aproveite sua ida ao Mato Grosso do Sul e reserve alguns dias para conhecer também o Pantanal. Consulte as opções de fazendas em que a Pegada opera, e leve sua família para ver animais como jacarés, capivaras, antas, tuiuius, colhereiros, araras e muitos outros.

Conheça o Abismo Anhumas, uma das maiores cavernas submersas do país, acessível através da descida vertical de 72 metros por uma fenda, com uso de técnicas de Rapel, até o lago de águas cristalinas onde é possível, inclusive, praticar mergulho autônomo e avistar cones e formações geológicas bastante raras que se concentram no fundo. Uma verdadeira viagem ao centro da terra.

Ilha Bela – SP

Ilhabela é marcada por chuvas e temperaturas amenas durante todo o ano. Mesmo nos meses mais quentes, os termômetros não costumam alcançar altas temperaturas. Já as chuvas apresentam aumento significativo nos meses de verão, sendo o inverno a estação menos chuvosa.

A alta temporada na Ilhabela é marcada pelos meses de dezembro a fevereiro, quando os termômetros marcam as maiores temperaturas. Já os meses de inverno apresentam grande queda no turismo. A ilha, entretanto, nunca fica vazia, já que há grandes eventos e feriados prolongados durante todo o ano.

O outono, especialmente os meses de abril e maio, é um ótimo período para conhecer Ilhabela, já que os preços estão mais baixos, a ilha mais vazia e a temperatura ainda é agradável.

Já na temporada de inverno, de junho a setembro, a temperatura apresenta leve queda e as chuvas se tornam menos
frequentes.

Dica da Pegada: Antes de viajar para Ilhabela, é comum ouvir de outros viajantes conselhos sobre os grandes vilões da ilha: os borrachudos. Quem nunca esteve por lá pode até pensar ser exagero e piada dos amigos. Afinal, não é possível que exista mesmo tanto mosquito, não é mesmo? Pois pode acreditar! Em Ilhabela, os borrachudos são onipresentes e infernizam a vida dos turistas. Difícil escapar de sair da ilha com a pele tomada de picadas vermelhas.

Sabido que os borrachudos são reais e, de fato, altamente incômodos, é hora de se prevenir para diminuir os efeitos
nocivos desses mosquitinhos cheios de poder. O primeiro passo ao viajar para Ilhabela é levar um bom repelente. Ao
escolher um produto, prefira os repelentes à base de icaridina — como o Exposis — ou os repelentes vendidos na própria ilha — como o Citroilha. Repelentes comuns não são eficazes. Acredite! Uma boa receita caseira, divulgada entre os moradores, é o uso da mistura do óleo de citronela com um creme hidratante. Segundo os moradores, o óleo na pele dificulta a permanência do mosquito no corpo, o que diminui o risco de picadas. Vale tentar de tudo!

Outra maneira de evitar um pouco as picadas é usar blusas de manga longa, calça e até meia durante o tempo de permanência nas praias e cachoeiras, onde sempre há maior presença dos mosquitos.

Gramado e Canela – RS 

Melhor Época: ano todo

Há eventos e programações culturais durante o ano todo, dada a infraestrutura local. A cidade de Gramado, por exemplo, é pequena, mas sua movimentação é bastante grande. As épocas de maior procura são a temporada de inverno e o Natal Luz, além dos feriados. A expectativa dos turistas fica por conta de ver a neve.

As temperaturas da cidade costumam ser mais baixas que a média do país, tanto por estar mais ao sul quanto por seus 830 metros de altitude. Isso não significa que a região não conheça temperaturas acima dos 30ºC, muito pelo contrário — durante o verão, é até comum que os termômetros atinjam a casa dos 32ºC durante o dia.

Outra estação marcante é o inverno, exatamente oposto ao verão, com temperaturas mínimas médias de 8ºC e máximas médias de 17ºC. Devido a frentes frias, quando é difícil prever as ocorrências, não raramente a temperatura cai para números congelantes — abaixo de 0ºC —, datas em que podem ocorrer geadas e, inclusive, neve. As precipitações são frequentes o ano todo, com médias menores no período entre abril e junho.

Rota Das Emoções (Jericoacoara•Delta•Lençóis) 

Mas afinal, qual a melhor época para fazer essa viagem?

A boa notícia é que a Rota das Emoções é um daqueles destinos que podem ser visitados o ano todo, tudo vai depender do foco que você quer dar a sua viagem.

Quero ver as lagoas cheias: o melhor é viajar depois da estação chuvosa, quando a paisagem das lagoas vai estar no auge. Se planeje para viajar de julho a setembro.

Lembrando que o volume de chuvas de cada ano também impacta na paisagem. Em anos com bom inverno, as lagoas ficam mais bonitas.

Quero curtir a cultura: o mês de junho é marcado pelas festas juninas no Nordeste, e pode ser uma ótima oportunidade de combinar um roteiro de aventura com uma imersão cultural e gastronômica.

Parque Estadual Do Petar – SP

O Petar é melhor aproveitado fora da época de chuvas: não é só porque é melhor fazer trilhas no seco, mas principalmente porque algumas cavernas podem ficar interditadas na época chuvosa, devido ao risco de trombas d’água. Além disso, é mais difícil de dirigir em estradas de terra barrentas.

A melhor época para visitar o Parque é entre abril e novembro, devido à estabilidade do clima. Entre dezembro e março chove muito e as estradas se tornam de difícil acesso. O clima da região é o temperado úmido, devido à mata. E a temperatura média anual fica em torno de 21ºC – com máximas entre 24ºC e 27ºC, e mínimas entre 15ºC e 18ºC.

Pantanal – MS

O Pantanal muda de cenário a cada estação! A região, que é a maior planície alagável do mundo, é regida por ciclos de chuva e seca que interferem totalmente na paisagem. Portanto antes de embarcar é preciso decidir qual é a melhor época para os passeios que deseja e planejar sua viagem nas condições ideais.

Período de seca: de maio a setembro. A estiagem é a melhor época para ver os animais pantaneiros.

As chuvas cessam, a água que inundava a planície passa a ser cada vez mais escassa dando lugar ao campo e se concentra em pequenas poças onde os mamíferos saem em busca de alimento e se amontoam para matar a sede. As aves começam a estação de acasalamento e se encontram com uma plumagem exuberante para tentar conquistar um companheiro. As árvores perdem as folhas para economizar água e o que antes era uma paisagem verde e exuberante se torna marrom e árida.

Período das chuvas: de outubro a maio. Época das cheias, a beleza das águas salta os olhos dos visitantes.

Quando a paisagem está extremamente seca, começa a estação da cheia trazendo a água que renova a vida. As plantas, revigoradas, voltam a produzir folhas e tudo fica verde novamente. As aves, que se acasalaram durante a seca, se aproveitam da época de fartura para alimentar seus filhotes. As terras mais baixas são ocupadas completamente por um espelho d’água. Os mamíferos vão para lugares mais elevados, deixando os campos alagados para cegonhas, patos, jacarés e peixes que procuram por alimento entre as plantas aquáticas multicoloridas que começam a se desenvolver. É o período que mais caracteriza o pantanal.

Urubici – SC 

Melhor Época: Ano todo

A época em que mais se vê turistas em Urubici, é nos meses mais frios, de junho a agosto, pois as baixas temperaturas são um atrativo a parte.

Já no mês de março, ocorre anualmente a Festa Nacional das Hortaliças, sendo uma boa época para se visitar a cidade também.

Agora se a sua idéia for ver o cartão postal da cidade, a Pedra Furada, dias mais ensolarados, com poucas nuvens e nenhuma neblina, é a data perfeita.

Agora que você já conheceu um pouquinho mais sobre esses destinos de viagem para aproveitar a natureza, deu até vontade de planejar as próximas férias, não é? Então, aproveite! Essa é uma oportunidade de ter memórias e experiências únicas.

 

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, Não importa o lugar, a experiência vale mais do que o destino.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀

Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.

Contrate Ecoturismo LEGAL

O que é Turismo de Experiência?

É uma forma de viajar que proporciona a você uma maior conexão com o destino e a comunidade local, através de vivências que te aproximam mais do ambiente, da cultura, história, gastronomia e costumes da região.

Quando você abre para este tipo de viagem, surgem novos horizontes, outras perspectivas, deixando as viagens mais enriquecedoras, do que simplesmente ir só de um lugar para outro. Você se permite vivenciar o lugar com outros olhos, proporcionando uma viagem mais responsável, com trocas mais ricas, com maior consciência e compreensão da diversidade que existe em nosso país.

O turismo de experiência é voltado para viajantes de todas as idades que tenham interesse em investir em uma nova forma de viagem, priorizando atividades que envolvam imersão em temas como história, cultura, gastronomia etc. Além disso, também é possível unir essa modalidade a atividades de aventura ou experiências ecológicas, como passeios de balão, trilhas, cavalgadas, entre outras ideias.

É também um convite para se desconectar do seu estilo de vida e reconectar com o tempo da natureza, você se transforma e não volta pra casa da mesma forma que saiu.

VIVA ESSAS EXPERIÊNCIAS!!!

𝙋𝙚𝙜𝙖𝙙𝙖 𝙀𝙘𝙤𝙩𝙪𝙧𝙞𝙨𝙢𝙤, Não importa o lugar, a experiência vale mais do que o destino.⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Associada @abetabr⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Certificada CADASTUR⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– SGS – Sistema de Gestão de Segurança⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
– Condutores Certificados⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Somos uma agência especializada em ecoturismo pelo Brasil e Minas Gerais.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Contrate Ecoturismo LEGAL